Eu acho engraçado, as luzes que brilhavam, queimam-nos por fora
Então eu continuo correndo, mas eu não consigo pegar esse horizonte
É sempre mais do que isso
Eu sei que isso nunca termina, eu tenho medo do que estou sonhando
E eu sei, parece um paraíso, quando você está perdido

E parece que estou sem tempo
E parece um fim que não consigo substituir
Não, não desta vez

No começo, sempre sonhamos em estar onde estamos agora
A condição humana, perseguimos linhas que redefinimos
Tão perto, mas ainda assim tão longe
Eu estou caindo aos pedaços, quero ser o que o mundo esqueceu
E eu sei, parece um paraíso, quando você está perdido

Mas parece que estou sem tempo
E parece um fim que não consigo substituir
E parece que estou assistindo meus sonhos de infância
Apenas desapareça e morra
Oh nós envelhecemos, mas nunca aprendemos a dizer…
Adeus

Tradução: Theo

Anúncios